Forum

Drakon

Dizzy

06 / 02 / 2018

Olá gostaria de saber se vocês já formularam guildas ou organizações que existem em Drakon
 Comentários (9)
Xiquim, o Mago das Tapiocas
Na minha campanha existe uma guilda chamada ´A companhia dos ossos cruzados´ que são uma espécie de máfia. Eles controlam o crime organizado, agindo no submundo de Tebryn, com sede em Tebrynia. Seus membros mais elevados possuem tatuagems artesanais com o símbolo da guilda. 07 / 02 / 2018
Sylent
1 de Abril 2015
Uma das minhas é os ´Sabres da Lua´ uma guilda pirata que possui veleiros cuja velocidade depende da fase lunar, costumam fazer tráfego de produtos e pessoas clandestinas quando a lua cheia está próxima. 07 / 02 / 2018
Dizzy
Vou adotar essas duas guildas kkkk
Obrigado
Caso outras pessoas tiverem suas guildas por favor, coloque aqui por favor

07 / 02 / 2018
Xiquim, o Mago das Tapiocas
Mas não é lá tão dificil assim criar uma guilda. Se ela for uma guilda ´de bem´, só você pensar em alguma profissão (bizarra ou não) qualquer e montar uma espécie de ´empresa´.
Por exemplo:
Ordem da Manopla: Clérigos e paladinos que lutam para destruir qualquer ser/entidade/cultistas/etc que sejam/adorem seres malignos.

Pacto dos mares ocidentais: Pacto entre todos os comerciantes maritmos de países ocidentais. Podem até ser inimigos dos Sabres da lua do Sylent.

Agora quando é algo bizarro é bem legal, tipo:

Os Corvos: guilda de algumas dezenas de magos meio loucos e paranoicos, eles são caçadores de demônios, que saem pelas madrugadas trajando roupas de médicos da peste.

Ou nem tão legais, tipo:

Crime Doce: organização criminosa especializada em roubar.... açúcar?

Agora guildas ´do mal´ é mais fácil. Basta pegar algum tipo de crime ou ritual maligno e colocar como a especilidade deles. 08 / 02 / 2018
Xiquim, o Mago das Tapiocas
Lembre-se de uma coisa antes de criar uma guilda criminosa.
Ser do crime organizado nem sempre é fácil. Uma cidade nunca é apenas controlada por uma facção só. As guildas desse naipe geralmente estão sempre brigando com outras por território e pelo domínio de determinado ramo do crime (tráfico de armas, pessoas...). Por vezes estão sempre tentando se aliar com uns e querendo destruir completamente outros rivais.
Então, ao adotar a Companhia dos ossos cruzados, por exemplo, crie pelo menos outras três máfias que sejam rivais.
Os ossos cruzados podem até serem os maiores de Tebryn e subjulgarem as menores. Mas isso não significa que a máfia vizinha, de Bryne, não quer ter o controle dos territórios em Tebryn, expandindo os negócios. 08 / 02 / 2018
Isaias Piazza
VIAMÃO - RS
Olá estou chegando agora em might blade ja jogo e narro ha anos e gostaria de saber sobre a geografia de Drakon 11 / 02 / 2018
Xiquim, o Mago das Tapiocas
Cara, sobre a Geografia não se tem nenhum detalhe específico além do que você pode perceber pelo mapa.
Eu sou estudante de Geografia e até queria aproveitar uns trabalhos de Geografia Costeira pra fazer um pouco sobre a Geografia e Geologia de algumas zonas costeiras de Drakon, mas a preguiça não deixa. 11 / 02 / 2018
Marroar, o Ligeiro
Jaraguá do Sul - SC
1 de Abril 2016
Sobre a geografia, uma vez eu fiz uma pergunta referente ao clima de Tebryn. Aqui está:

Q: Em que região do mundo de Drakon fica Tebryn? Norte, sul, oeste, nordeste? E qual seu clima predominante?

R: Tebryn fica no centro-este do continente de Cassiopéia, e o clima predominante é o oceânico, com chuvas abundantes e bem distribuídas ao longo de todo o ano, sendo o verão bastante fresco e úmido. Ao longo das Montanhas de Cristal, o clima é alpino, com invernos longos e frios, com temperaturas que podem chegar abaixo de zero - com precipitações de neve fina que podem formar montes de neve e depois geleiras - e no verão, a temperatura é fresca, sem presença de neve mas com chuvas abundantes. 11 / 02 / 2018
Xiquim, o Mago das Tapiocas
Basicamente Tebryn seria uma Vancouver ou uma Dinamarca setentrional? Agora só resta saber que tipo de influência o relevo tem sobre, pois até faz sentido Arkania ser uma região mais seca, ficando a Sotavento. 11 / 02 / 2018




Outros tópicos